Sua empresa mudou, sua identidade acompanhou esta mudança? descubra agora!

Você, certamente, sabe que a identidade visual de uma empresa está intimamente relacionada com sua estratégia de marketing.

Mas, já deve ter visto também que muitas empresas, carregam a mesma “marca”, por décadas. Sem perceber que tudo pode ser atualizado, inclusive sua nova forma de falar ao mundo.

A consequência disto é o mau aproveitamento do potencial que sua marca tem junto ao público.

A atualização da identidade visual, mais do que se apresentar como novidade para o público, deve significar que a marca evoluiu.

Se você tem dúvidas se a sua identidade visual está realmente de acordo com o atual posicionamento de sua empresa, aproveite as dicas que trouxemos hoje.

1. Veja se a sua identidade visual está bem adaptada a diferentes plataformas

Para se manter relevante, uma empresa deve ser flexível. E uma das maneiras de fazer isto, é ampliando sua percepção sobre a realidade. Neste contexto, as redes sociais podem preencher muito bem este espaço.

Nas páginas do Facebook, Twitter, Linkedin ou Instagram, você saberá o que está acontecendo no universo do seu negócio, o que seus concorrentes estão fazendo e o que os clientes pensam sobre sua marca.

Desta maneira, é imprescindível que sua identidade visual esteja atualizada e adaptada a diferentes plataformas e dispositivos móveis sem que sofra alterações drásticas.

Faça testes, verifique se  a sua identidade é atraente em diferentes tipos de telas e plataformas e procure a melhor apresentação possível.

2. Observe se as cores exprimem os sentimentos que você quer despertar

As cores mudam conceitos, exprimem sentimentos, sensações e podem facilitar ou prejudicar a leitura sobre a mensagem visual e verbal. Mais do que papel estético, as cores têm papel importante na memória das pessoas.

Contextualizar as escolhas das cores conforme a área de atuação, o tipo de produto ou serviço oferecido, o público-alvo e a missão sociocultural da empresa são alguns dos pontos a serem analisados.

Aprofunde a análise de cada tom escolhido e os sentimentos que despertam em sua utilização nos mais variados espaços da sua empresa – da adesivagem da frota, ao site.
3. Conteste os objetivos futuros da empresa com a identidade visual atual

É essencial que a identidade visual esteja clara e de acordo com o objetivo escolhido. Contudo, é comum que estes objetivos sejam atualizados com o passar do tempo.

Por isto, analise o atual posicionamento da marca no mercado e possíveis cenários a médio e longo prazo. Em muitos casos, a identidade visual empregada há muito tempo não está mais de acordo com o posicionamento da marca.

Esta atualização poderá proporcionar maior identificação com os consumidores, deixando evidentes possíveis novidades, como a redução em determinados ingredientes ou mudanças no seu papel social.

Uma boa dica para analisar se a identidade visual de sua empresa está condizente com sua marca, é criando perguntas e respostas sobre quem é a empresa atualmente e o que ela deseja alcançar.

4. Analise o design, o logo e a fonte atualmente aplicados

Muitas vezes, a pressa para a abertura da empresa traz consigo uma identidade visual feita às pressas, comprometendo sua apresentação para o público após o amadurecimento no mercado.

Um design mal feito com cores e linhas sem razão, um logo de má qualidade e o erro na escolha da fonte, poderão ter papel desastroso em como as pessoas veem sua empresa.

A fonte, por exemplo, pode ser fundamental para repassar fielmente a personalidade da empresa. A má escolha poderá prejudicar o entendimento da assinatura ou slogan da marca.

5. Fique atento se houveram mudanças no perfil de público

As frequentes atualizações e tendências no comportamento do consumidor podem fazer com que ocorram mudanças no perfil de público atendido pela sua empresa.

Manter uma análise de mercado cuidadosa será essencial para notar as mudanças dos últimos anos. Isto poderá ser essencial para que a identidade visual se mantenha atraente para este novo público.

Estude o comportamento, anseios e predileções destas pessoas para que sua comunicação visual continue sendo a mais clara e assertiva possível.

Não deixe as mudanças para depois

Quanto mais cedo forem realizados os estudos e os reparos na identidade visual, maiores serão as probabilidades de alcançar sucesso e gerar buzz junto ao público.

Ao pensar nisto, lembre-se de que, mais do que gerar lucros, as empresas devem associar o negócio a um papel social relevante. Aproveite a influência do papel social na comunidade para somar valor simbólico e econômico à sua identidade.

Veja este processo como uma chance de, até mesmo, enxergar sua empresa de maneira diferente.

E então, gostou das dicas? Ainda sente dúvidas sobre a renovação de sua identidade visual? Deixe sua pergunta e vamos conversar!

Você também pode se interessar por:

Versaway

Versaway é uma plataforma digital que conecta você ao seus interesses e a outras pessoas com o mesmo interesse através de hashtags

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x